BRASIL SERÁ 1º PAÍS FORA DO CONSELHO DA ONU A TER SUBMARINO NUCLEAR
O primeiro submarino nuclear do Brasil estará no mar em 2025. Caso o cronograma do Governo Federal e da Marinha do Brasil seja cumprido à risca, o Brasil será o 6º país a ter esta tecnologia e a 1ª nação que não pertence ao Conselho de Segurança das Organizações das Nações Unidas (ONU). Hoje, apenas Estados Unidos, Rússia, França, Inglaterra e China têm um submarino nuclear.

Com investimento de R$ 7,8 bilhões, o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) inclui ainda a construção de quatro modelos convencionais diesel-elétrico, projeção e construção de estaleiro e a projeção e construção da base de submarinos. A infraestrutura, que deve ficar pronta em 2015, está localizada em Itaguaí, no Rio de Janeiro.

De acordo com o capitão da Marinha José Carlos Negreiros Lima, uma das primeiras iniciativas do Prosub foi o envio de 26 engenheiros para a França, a partir de um acordo de troca de tecnologia entre os países. “Depois disso, avançamos em conhecimento e chegamos às centrífugas com rotor de enriquecimento de urânio totalmente levitado que considero o maior feito tecnológico do Brasil no século passado, pois gastam menos energia”, explica. O equipamento é tratado atualmente como segredo de Estado.
Aproveite para visitar também:
Visite o Site Visite o Site
APOIO
Entidades

Mídia
Realização:
Local:
Sobratema - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração
Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj 401 - Água Branca - CEP 05001-000 - São Paulo/SP - Tel. 11 3662-4159 - Fax. 11 3662-2192
sobratema@sobratema.org.br